escolas
Psicologia Positiva na Escola
  • A psicologia positiva nas escolas poderá contribuir para que a escola seja sentida como um local onde as crianças se sintam confiantes, de modo a desenvolverem as suas aprendizagens de forma motivada (Oliveira, 2009)
  • Segundo Bandura (1988, citado por Goleman, 2000), as capacidades das pessoas são profundamente influenciadas pelas suas crenças acerca das mesmas. Numa época em que professores, pais e alunos, se encontram descrentes das suas capacidades de lidar com os problemas educacionais, urge investir na procura de estratégias estruturadas que visem inverter este sentimento de impotência, que levem as crianças a acreditar que são capazes, a se sentirem responsáveis pelos seus trabalhos e por aprender, e que levem os pais a participarem de forma mais ativa no processo de aprendizagem dos seus filhos.
Destinatários:
  • Professores;
  • Alunos;
  • Técnicos operacionais (Auxiliares, admnistrativos, etc.);
  • Pais e Encarregados de Educação.
Formas de intervenção:
  • Workshops (2h a 15h);
  • Palestras interativas (30 min a 1h);
  • Projetos de intervenção (em função do projeto);
  • Atividades de animação e motivação (em função do projeto).
Áreas de intervenção:
  • Otimismo;
  • Motivação;
  • Felicidade;
  • Autoestima e Autoconfiança;
  • Relacionamento interpessoal positivo.